Monday, March 19, 2007

Eu?

Agora que penso nisso, creio que nunca tinha escrito aqui um post na primeira pessoa. Tinha falado de mim, é certo. De uma forma ou de outra, o que escrevo sempre reflecte um pouco de mim. Mas assim não.

De qualquer forma, hoje apetece-me fazê-lo. E portanto, faço-o!

Apetece-me contar que estou a ler o Planisfério Pessoal do Gonçalo Cadilhe. Que partilho com ele este gosto por ter sempre a mala pronta.

Foi talvez por isso que decidi escrever assim. Apeteceu-me partilhar o quanto adoro algumas pequenas coisas que só as viagens permitem: experimentar novas culturas, sentir novos sabores... ou coisas tão simples como cheirar novas terras e sentir um sol diferente acariciar-me a pele.

Há quase um ano que vivo de mala feita, viajando - por motivos profissionais - de e para África a cada poucas semanas. Tem sido duro, mas não tanto que consiga esquecer o quanto tem sido maravilhoso.

Há todo um lado de aprender a estar conosco sozinhos, quando se viaja. São as horas dentro do avião e são depois as longas semanas sem qualquer cordão umbilical que nos ligue à família e amigos. Mas também por isso, estamos muito mais receptivos a descobrir novas pessoas e fazer amizades.

É toda uma experiência que, por muito que se tente descrever, só se percebe verdadeiramente quando é 'experimentada'.

1 comment:

Marta said...

Às vezes sabe tão bem estarmos só connosco!
Pra além da experiência, do bom que é partir e conhecer e explorar o que há de novo... Há também o regressar!...
Regressar de viagem, regressar a nós, regressar aos nossos...
Boa viagem!